Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

pai João e mãe Sofia

pai João e mãe Sofia

Tomara que não se estrague

O mais crescido tem uma dificuldade imensa em tomar decisões. Normalmente, depois de se decidir por uma coisa, fica sempre a matutar sobre como seria se se decidisse pela outra opção.

           

Este fim de semana tinha marcada uma corrida em que se inscreveu e, entretanto, recebeu um convite para a festa de aniversário de um amigo com convite para dormir e tudo, que impossibilita a ida à corrida.

De manhã, dei-lhe a escolher: a corrida ou a festa do amigo. No fim do dia iria querer saber qual a decisão, para saber o que responder à mãe do amigo.

   

Agora ao fim da tarde, entrou no carro e anunciou:

Já tomei a minha decisão. Vou à festa!

Vais? 

Sim! Fiz aquilo que me disseste, das listas de sins e nãos.

Das listas?

Sim. Pensei nas vantagens e desvantagens de ir à corrida. Havia duas vantagens e três desvantagens. E quando pensei na festa... vi três sins e nenhum não. Por isso quero ir à festa.

    

E como sei que este estado de graça de seguir os conselhos da mãe não dura para sempre... É melhor aproveitar agora.

   

 

 

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.