Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

pai João e mãe Sofia

pai João e mãe Sofia

Não!

            Não quero brincar!
            Não quero comer!
            Não quero sorrir!
            Não quero dormir!
            Não quero mamar!
            Não quero estar sentado,
                                   nem em pé, nem deitado!
                                   Não quero nada!
          
      
A noite foi passada em claro com um bebé muito choroso.
 
O dia foi passado entre choros, febre, a rouquidão que atacou o filhote e muita tosse e espirros. Muito soro no nariz, muitas sestas e muita paciência perante a falta de apetite que o faz recusar a mama, a água e a papa preferida. 
      
Está a dormir. Foi adormecido ao colo, embalado ao ritmo das músicas do ó-ó, às voltinhas pelo quarto...
      
Fica a esperança de que descanse, que acorde cheio de fome para a maminha, que a febre desapareça e que tosse e a expectoração se vão embora muito depressa.
    
Se o nosso desejo fosse suficente...