Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

pai João e mãe Sofia

pai João e mãe Sofia

Hoje, às 15.30...

... se estiveram nas urgências da CUF Descobertas, eu era a mãe sem mãos suficientes para agarrar nos casacos, na mala, na bolsa dos documentos dos miúdos, no cartão multibanco, no cartão do seguro, na radiografia e nas trezentas declarações para carimbar; ele era o miúdo aos gritos que queria colo e que afinal não queria, mas depois já queria outra vez para voltar a não querer, e que se esfregava parecia fazer breakdance no chão.

 

O sono não pode ser explicação para tudo, bem sei, mas gostava de explicar às pessoas todas, cujos olhos estavam cravados em nós, que o meu mini doente entrou no carro ainda aos guinchos e saiu do parque de estacionamento já a dormir.

 

 

Ironias à parte, esta última maleita deve ter sido apenas uma virose. A febre já o deixou e a radiografia ao tórax mostra uns pulmões bem recuperados da infecção.

 

Já as birras, hão-de demorar mais a passar...

 

1 comentário

Comentar post