Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

pai João e mãe Sofia

pai João e mãe Sofia

21 meses

De mimo e meiguice.

Se pensar nele, os beijos, os abraços e o gosto pelo contacto pele a pele são as primeiras coisas que me ocorrem. Depois lembro-me dos disparates todos que faz e da mão leve que tem, mas isso só mesmo depois de lembrar os colos que exige colado ao nosso corpo ou os abraços sentidos que nos dá.

    

Durante o Verão deixou de mamar definitivamente e é a primeira vez que o admito assim, abertamente.

Custa-me este corte no cordão. Custa-me muito mais do que custou do filhote crescido. Talvez porque tenha consciência de que talvez fosse tudo diferente se eu não me tivesse lembrado de ir tirar o mestrado. Ou talvez porque se não lhe tivesse introduzido o biberão, ele não teria passado a exigir a quantidade industrial de leite (quase 300ml!!) a seguir ao conforto da maminha.

É claro que não vale a pena pensar em como seria se... mas a verdade é que esta quebra me foi muito difícil de digerir.

   

Os 2 anos aproximam-se a passos largos, mas na verdade continuo em negação.

Está tão grande e tão despachado o meu mini filhote.

E lindo. Está mesmo, mesmo lindo! 

 

2 comentários

Comentar post