Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

pai João e mãe Sofia

pai João e mãe Sofia

3 anos

Confesso que se este registo não fosse num blog, há muito que tinha perdido o fio à meada. Ser mãe de dois é muito mais exigente do que eu poderia supor e a falta de vontade de escrever reflecte a minha psique (muitas vezes) esgotada. A harmonia com que me costumam sair as palavras não se dá bem com o meu cérebro mal descansado.

Depois há ainda o conseguir escrever, mesmo quando estou desgastada, triste ou impaciente, memórias engraçadas, relevantes para nós, coisas importantes ou insignificantes... mas predominantemente alegres. Que a vida não é sempre cor de rosa, mas eu sou uma miúda positiva e optimista e quando for velhinha não vou querer ler queixume atrás de queixume.

   

Por isso vou fazendo o esforço.

Porque gosto de reler o que escrevi no ano passado ou há dois ou três meses; porque é um excelente auxiliar de memória; porque espero que um dia, já crescidos, os meus filhos leiam estes bocadinhos dos nossos dias e se emocionem com as etapas que foram alcançando e com a forma como foram desejados e com o quanto são amados.

Por nós. Pela família que assim (n)os conhece ainda melhor. Pelos amigos que se tornam ainda mais próximos.

    

Mesmo cinco dias atrasados, muitos parabéns ao nosso blog!

       

5 comentários

Comentar post