Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

pai João e mãe Sofia

pai João e mãe Sofia

Agora sim, soube mesmo a férias!

Foi bom, bom, bom!!

     

Comprar pão quentinho ao acordar, fazer as refeições todas no meio do pinhal, aproveitarmo-nos uns aos outros, muitos passeios, amigos aos molhos, parques infantis, relvados e uma biblioteca (podemos voltar à tototeca?), jogos da malha e de Uno depois do jantar e dormirmos todos juntinhos e aconchegados uns nos outros. 

     

A recordar: a boca do filhote toda lambuzada de gelado de chocolate do Santini, depois de comer sozinho (e por duas vezes) um cone com uma bola inteirinha; o xitex do mini-filhote a ver toda a gente a lamber gelados e a mãe a dar-lhe uma pontinha microscópica de gelado de manga (ai, ai!! e andamos nós a gastar dinheiro em papas de cereais biológicos e sem açucar!); as mil e uma utilizações que um filho pode dar a uma lanterna ultra-resistente e que funciona depois de dar à odivela (manivela, pois claro!) que comprámos no dia em fizemos uma escapadinha à Decathlon para comprar uma tenda resistente a vendavais e que não nos metesse em apuros com a tenda emprestada pelos compadres; a mobilidade crescente do mini-filhote que, mesmo sentado no meio de uma manta de piquenique / toalha de praia / esteira, conseguia sempre chegar à areia / relva / terra e caruma; a noite que a amiga Rita veio de propósito passar connosco e que dormiu com o filhote maior; as visitas da tia B., dos avós; a Feira de Artesanato do Estoril com o T. e onde o filhote descobriu a existência do algodão-doce; os filhos sempre sujos de terra, encardidos e com ar feliz...  

    

      

Estivemos no Parque de Campismo do Guincho (sim, é perto e bom caminho, que não sabíamos quantos dias íamos ficar...) e foram uns dias magníficos!

    

Sinto-me (finalmente) com as energias respostas!

       

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.