Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

pai João e mãe Sofia

pai João e mãe Sofia

47 / 365

   

     

Uma aventura!

Ir e vir, no mesmo dia, de comboio ao Porto. Ia sozinha ao babyshower do bebé T. mas o crescido ouviu a minha conversa com o pai e pediu para ir também. E ainda bem, porque foi uma companhia fantástica.

  

Mal demos pelas horas passadas no comboio, aproveitadas para fazer trabalhos de casa, para grandes jogatanas de Uno e para conversar. Como tínhamos dois convites que a R. nos tinha dado para um autocarro turístico, andámos a passear pela cidade até à hora do lanche. Pelo meio ainda fomos dar uma volta aos jardins do Palácio de Cristal (onde nunca tinha entrado) e fazer uma caminhada num dos sítios de que mais gostamos no Porto - a marginal perto do Castelo do Queijo.

      

Foi um dia perfeito (mas ó mãe, porque é que não alugaste um hotel e ficávamos mais um dia?). De passeio bom e de coração duplamente cheio.

Obrigada, Rita!

     

45 / 365

   

   

Este ano não fui super mãe e não me apeteceu fazer bolachinhas. Mas, apesar do cansaço de ultimamente, fui previdente. Há umas semanas comprei-lhes bolachas de chocolate com corações para distribuirem pelos amiguinhos da turma. Entretanto o mini prolongou as férias de Carnaval com o avô e sobraram as bolachas para o crescido.

E para a Sofia, não vais fazer um desenho? [No ano passado fez-lhe um, este ano ela já lhe deu vários.] Não... Ela não é minha namorada.

   

Fine.

   

Voltou feliz com os artefactos da fotografia - os Gylian já cá estavam desde o Natal - e com um miminho que a amiga Sofia lhe levou.

  {#emotions_dlg.tongue}