Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

pai João e mãe Sofia

pai João e mãe Sofia

Leopoldina

Numa ida rápida às compras (experiência a NUNCA mais repetir enquanto estiver em cima de canadianas, mesmo que não tenha comida nenhuma em casa) comprámos o novo CD da Leopoldina e só ao chegar ao carro é que percebi que, este ano, as músicas de Natal foram substituídas por músicas tradicionais infantis interpretadas por bandas e músicos conhecidos.

 

 

Eu adorei (hum... excepção feita, na minha modesta e humilde opinião, à música interpretada pelo Pedro Abrunhosa) e, caso comprem ou ouçam, quando ouvirem o Eu perdi o dó da minha viola, pelos Xutos e Pontapés, pensem no nosso mini:

 

22 meses de gente, preso na cadeira do carro, excitadíssimo com a batida, aos pulos e com palmas à mistura no solo de bateria do Kalu.

(Eu bem sabia que Rock in Rio e Madonna in útero iam dar numa coisa assim...)

{#emotions_dlg.blink}

 

Parabéns

A canção dos Parabéns deve ser, a par com o Atirei o pau ao gato, uma das músicas preferidas do mini.

Cantamos os parabéns várias vezes ao dia, a várias pessoas amigas e da família, em casa, no carro, para comer a sopa, na praia com um montinho de areia à frente... Todos os motivos servem e até o próprio já entoa a melodia e a faz a sua própria versão na língua que lhe é característica.

 

Ontem a minha madrinha fez anos.

Telefonámos-lhe e o filhote crescido foi o responsável por cantar os parabéns assim que ela atendesse o telefone. Eu juntei-me à canção já no final e na altura de bater palmas e de gritar os eeeeehhhhhh! o mini, entusiasmadíssimo aos saltinhos, aproximou-se do telefone e soprou.

{#emotions_dlg.smile}

Pág. 3/3