Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

pai João e mãe Sofia

pai João e mãe Sofia

Chegou o nosso novo filhote

7h30; acordo com a frase: "João, prepara-te!"

Pensamento 1: "Tá louca! Hoje é domingo, preparo-me para quê?"

Pensamento 2:  (2 milésimos de segundo depois) "Hoje é dia de natação do V, mas não é só às 10?"

Pensamento 3: "AAAAAAAHHH...... Preparo-me para o filhote que vai nascer..."

 

É bom acordar ao lado da mãe Sofia, mas às vezes a emoção é demasiada!

 

Preparámos tudo, filhote acabado de acordar com a azáfama, últimos pormenores da mala da Mãe, combinações com os avós, estratégias para isto e para aquilo, não me perguntem quais eram que já me esqueci...

 

Viajámos para a maternidade e parámos em casa dos pais da Sofia para deixar o V (mais descansado e, ainda, centrando em si todas as atenções...)

 

Depois de chegar e de passar pelas salas e situações da praxe o R, às 14:08, fez POP! Tal como eu previa! Simples!

 

A Mãe Sofia portou-se de forma exemplar e trouxe o R cá para fora com toda a força e coragem que lhe conhecemos.

 

Depois de elogios redobrados da parteira, do recobro e depois de serem examinados, pudemos estar os dois a desfrutar, outra vez, das primeiras horas de vida de um filho.

 

Mais ainda, pelas 18horas o V chegou e pudémos estar todos juntos e cá fora ao mesmo tempo! E que bom foi ver as reacções doces do mano mais velho!

 

O R tem 3, 290Kg, era igual ao V assim que nasceu, com 6 horas de vida já tinha mamado 3 vezes (acho que o V lhe deu umas dicas), é morenaço, o cabelo (escuro) faz uma crista e mexe as mãos como se não houvesse amanhã...

 

Mais, ainda não consigo descrever, só posso acrescentar que é lindo! E mais não digo!

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.