Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

pai João e mãe Sofia

pai João e mãe Sofia

Filho do pai

Demora aaaaaannnnooooossss a almoçar ou a jantar.

 

A sopa é despachada num ápice porque a come antes de nos sentarmos todos e porque lha damos à boca. Mas o resto...

   

O resto é comido em família, entre conversas, brincadeiras e muitas invenções dele. Pelo meio lá se lembra que tem comida à frente lá vai mais colherada ou garfada.

  

Eu como, e espero, e desespero... Vou ajudando de vez em quando mas a maior parte das vezes quer comer sozinho, ao seu ritmo, fazendo-me lembrar o pai João que me rosna um não me apresses nos dias em que me impaciento mais.

 

Ontem, vencida, fiz batota.

Distraí-o e tirei-lhe da frente a tigela que ainda tinha 2 bocados de maçã. Ele ficou baralhado, mas engoliu a patranha e lá saiu da mesa.

    

Não se faz, eu sei... mas estávamos a jantar há quase 90 minutos.

1 comentário

Comentar post