Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

pai João e mãe Sofia

pai João e mãe Sofia

Natação

O primeiro dia e um verdadeiro sucesso.

 

   

Ele brincou, chapinhou, saltou, mergulhou... 

Estranhou, mas não muito, a touca, os chinelos e o roupão. Envergonhou-se com as outras crianças e com os outros pais dentro da piscina, mas durou muito pouco.

     

Foi com o pai João, feliz(es) e contente(s), e quando me viu nas bancadas não protestou para vir para perto de mim. Acenou-me várias vezes e gritou-me um sem número de vezes Anda, mãe, piscina!!

    

Em vez de se ter transformado num coala, ao colo do pai João, e de se ter recusado a participar em tudo (como costuma ser habitual nas primeiras vezes de qualquer coisa) fez tudo com imensa vontade e energia e, nos mergulhos, a excitação foi tal que ainda foi brindado com um com calma e juízo, que já percebi que isso aí... vindo da professora.

  

Adorou, adorámos (principalmente o pai João!), e perguntamo-nos por que razão não nos lembrámos disto no ano passado!

 

1 comentário

Comentar post