Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

pai João e mãe Sofia

pai João e mãe Sofia

Nestas férias...

... não fizemos nada de especial. Não fomos para fora e esforçámo-nos para não ficarmos atulhados em compromissos e coisas para fazer.

Amanhã vou fazer má figura, frente aos relatos bombásticos das férias dos meus alunos.

Mas eu precisava mesmo de uns dias assim. Sem correrias, sem pressas, sem horas marcadas, sem rotinas definidas. Precisava de uns dias-pijama.

       

Precisava de tempo para estarmos juntos, para namorarmos, para disfrutarmos das brincadeiras descontraídas do filhote, para ler, para ver televisão...

  

Nestas férias houve tempo para as sestas, para passeios aqui na vila, para os encontros com  amigos, para almoçaradas com a família, para ler livros e revistas e para brincadeiras intermináveis no chão da sala. Para os livros, os puzzles, os comboios e as garagens.

  

Pelo meio, lá conseguimos ter um dia só para nós, com direito a massagens e tudo, e o filhote ainda foi premiado com uma ida ao Oceanário, com concerto incluído, com os avós (enquanto nós namorámos pelo Chiado).

   

Sinto-me descansada e descontraída.

Gosto muito de passear e de ir à descoberta de novos sítios... mas estava mesmo precisada deste descanso, deste dolce far niente.

    

E não me apetece nada pensar em amanhã...

      

3 comentários

Comentar post