Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

pai João e mãe Sofia

pai João e mãe Sofia

28
Fev10

Dia cheio!

mãe Sofia

    

O filhote foi pela primeira vez ao Pavilhão do Conhecimento e, por causa de uma actividade especial do Pavilhão, teve oportunidade de, além das experiências habituais, ouvir um concerto e participar num workshop de instrumentos musicais.

 

À tarde, estava combinada uma sessão de cinema com a madrinha do mini e o Martim. Fomos (eu e o filhote) ver o "Chovem Almôndegas", com óculos e tudo, e estreámo-nos nos filmes 3D.

   

O mini teve direito a duas aulas de Gymboree (que tínhamos para compensar umas sessões a que faltámos) e muitos passeios de sling. 

     

Pelo meio houve ainda tempo para um chocolate quente no café da Fnac, mimos dos avós e um almoço com a tia B.

     

Chegámos ao fim do dia muito cansados!

26
Fev10

Não! As canetas não se põem na boca, R!

mãe Sofia

      

Adora canetas, lápis, pincéis... e sabe exactamente como funcionam.

Só que, além do prazer de fazer riscos, esfregar tudo nas gengivas também é uma actividade bastante popular.

     

Eu odeio fotografias de bebés a chorar, principalmente se forem dos meus filhos.

Mas desta vez abro uma excepção por vários motivos: para mostrar o lindo desenho que fez;  para se ver o estado em que ficaram as mãos e a boca;  para ilustrar o seu verdadeiro feitio que reage sempre assim quando é contrariado;  e, finalmente, porque nesta fotografia se vê o estado lastimável em que tem as gengivas (conseguem ver o inchaço?).

  

Os quatro molares estão a romper e o minin tem a gengiva, nos dois lados do maxilar inferior, completamente inflamada e inchada. No maxilar superior, o dente do lado esquerdo já rompeu mas a gengiva do lado direito está completamente negra.

Ontem ainda fez febre...

    

Senhora fada dos dentes, quando a encontrar, temos umas contas a ajustar!!!

      

24
Fev10

Tarefas

mãe Sofia

Adora fazer recados e dar coisas a outra pessoa.

Põe as próprias fraldas no lixo (e, não raramente, tira alguma coisa que já lá esteja em troca) e, a tarefa preferida de todas, dá comida à Ginja.

   

    

[Post feito, com colagem e tudo, a meio de um seminário do mestrado. É sobre Novas Tecnologias... portanto tenho desculpa... ;p]

        

22
Fev10

Sling

mãe Sofia

No domingo, quando o levei ao concerto para bebés a Sintra voltei a levá-lo, pela primeira vez desde há muito tempo, no sling.

    

Gostei tanto de o voltar a ter enroscado em mim e de o passear assim, sem dores nos braços e pressa em pousá-lo no chão.

    

Que saudades de o ter pequenino outra vez... 

     

21
Fev10

Inovações

mãe Sofia

Há duas semanas que passou a aceitar um biberão de leite durante a noite. Como o leite que tinha para ele ainda era o de soja, era desse que bebia.    

Mas, na última consulta, o pediatra deu ordem para voltar a tentar introduzir o leite normal quando achasse necessário, uma vez que ele continua a mamar.

 

Por isso esta semana, quando fui às compras, e vendo que o leite dele estava a acabar, comprei um pacote de leite de crescimento 1 a 3 anos.

     

Não gostou muito, é verdade. Mas com jeitinho, depois de mamar, lá vai bebendo à volta de 120ml e de facto só tem acordado uma vez durante a noite.

   

Está a ficar um menino crescido, portanto!

     

21
Fev10

Às vezes as dúvidas dissipam-se...

mãe Sofia

Mãããeee, nunca mais fomos àquelas salas de cores?

    

Salas de cores?

   

Sim... Aquelas salas com cores. Verde, roxo, laranja...

   

Mas onde? Na tua escola?

   

Não! Até havia cometadores com óscultadores para ouvirmos música!

     

Na Casa da Música?!?!?!?

   

Isso, mãe! Eu até levei a minha foca... É que nunca mais lá fomos...

    

  

Estivemos na Casa da Música, no Porto, há um ano atrás e não me lembro de falarmos nisso há muuuuuuito tempo. Foi uma aventura um bocado suicida, porque fazer uma visita guiada, com explicações prolongadas em muitos locais de um edifício, com um miúdo com 2 anos e outro com 4 meses preso num sling não é pêra doce.

  

Mas correu bem e, pelos visto, ele gostou.

    

Não é segredo para ninguém que eu acredito piamente nas experiências que proporcionamos aos miúdos. Não se trata de os tornar mais espertos, ou mais xpto, nem sequer mais especiais. Acho simplesmente que os enriquece e estimula, além das memórias para a vida que vão criando.

Caramba, tem de ser diferente passar uma manhã em casa ou passar a manhã num museu, ou num concerto, ou numa biblioteca!

Além disso, passear com os miúdos e ver e fazer coisas novas com eles são coisas que nos agradam bastante a nós.

    

Às vezes tenho medo de exagerar. De lhes dar a ilusão de que tudo gira à volta deles ou de que qualquer pedido para ir a algum lado é imediatamente aceite. Esforço-me por contrariar isso na medida em que acho importante e acho que consigo.

Mas, de vez em quando, sinto medo pelas expectativas criadas (o mais crescido pede vezes sem conta para voltar a sítios ou ateliers onde esteve) ou pelas vivências que o filhote já tem. Na sexta-feira, por exemplo, ofereceram-lhe um livrinho do Metro com um poster sobre uma viagem por vários sítios conhecidos de Lisboa e autocolantes para completar. Tremi quando, sentados à mesa de um café, o ajudei a colar os autocolantes e em todos sem excepção o ouvi exclamar, entusiasmado, do alto dos seus 3 anos Ah! Eu já lá fui!

      

Hoje, depois de lhe prometer que sim, que um dia havemos de voltar à Casa da Música (estás a ler, Rita?) fiquei pelo menos mais confiante no tipo de memórias que lhe estamos a proporcionar.

    

       

E bem a propósito, hoje o mini foi comigo a mais um concerto no Olga Cadaval e o filho crescido foi com os avós a uma oficina do conto na Gulbenkian. 

           

20
Fev10

O 1º corte de cabelo

mãe Sofia

Tem um cabelito muito ralo e ainda cheio de falhas, mas atrás as farripas de cabelo já estavam enormes, quase a chegar a meio das costas.

     

    No Castelo de Almourol

    

Hoje, logo a seguir ao banho, enchi-me de coragem e agarrei na tesoura.

   

É verdade que não teve direito a fotos e diploma de 1º corte (hão-de chegar quando for um corte a sério), mas teve o privilégio de ter uma cabeleireira particular e já tem os cabelitos guardados num saquinho muito lindo, na caixinha dele de recordações.

   

Está um borracho!

    

Pág. 1/3

Lilypie Kids Birthday tickers
Lilypie Kids Birthday tickers

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D