Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

pai João e mãe Sofia

pai João e mãe Sofia

28
Fev07

Gostava...

mãe Sofia
... de ter posto esta foto num post anterior, sobre as mordidelas na maminha (não, não voltou a repetir... ainda) mas o servidor estava em baixo e não deixava fazer uploads.
   
         
Lembro-me de que quando nasceu levava horas a mamar. Lembro-me de assistir, da Cadeira da Maminha, no seu quarto, ao nascer do Sol de Verão, tantas e tantas vezes.
Canto-lhe canções, histórias, lengalengas, coisas da nossa vida, da nossa família... Antes adormecia invariavelmente, hoje em dia bebe-me as palavras e a expressão da minha cara.
Às vezes responde-me, palra imenso com os seus sons.
Às vezes pára e sorri (como na foto)... Não existem palavras para descever o corropio de emoções que passam cá dentro.
 
É muito mais do que alimentar a barriga. Alimentam-se as emoções, a alma, o coração, o cérebro e a ligação entre nós.
      
São momentos únicos. E quero prolongá-los o mais possível.
28
Fev07

Efectivamente...

mãe Sofia
... descobriu a posição vertical!
O que ainda não descobriu é como se manter nela... ;)
   
É cada vez mais difícil sentá-lo a fazer qualquer coisa e bom, mesmo, mesmo bom, é caminhar pela casa. Tem sítios preferidos onde quer ir, sítios preferidos para mexer, e é para lá que se encaminha quando o ajudamos a passear.
Já se segura perfeitamente às nossas mãos e já não as larga (como fazia antes) sempre que quer tocar nalguma coisa. Já percebeu que, para se equilibrar, deve estar sempre com uma mão agarrada à nossa.
     
Os "treinos" para gatinhar é que são uma frustração.
Tem aspecto de ser um excelente nadador, pela forma como dá aos braços e pernas, mas como não avança um milímetro sequer, desiste e chora.
   
"Ponham-me em pé, por favor!"
25
Fev07

Alerta

mãe Sofia
Enquanto mamava, parou subitamente de sugar o leite e, de olhos bem fixos na minha cara, mordeu.
     
"Não, filhote! Isso não!" ralhei com voz firme.
       
Já tinha planeado antecipadamente o que faria no dia em que mordesse o mamilo. E sabia que ele o faria. Principalmente agora que este dente está a dar tantos incómodos ao filhote. Não planeei, no entanto a sua reacção...
      
Quase em câmara lenta, fez o seu melhor beicinho e desatou a chorar.
         
Levantei-o e mimei-o até sossegar. Acho que nunca o tinha olhado com um ar tão sério. Cá em casa, os ralhetes são normalmente dirigidos à Ginja. ;)
        
Agora estou em alerta laranja!
Sempre que para de mamar para descansar, fico a olhar-lhe para a boca, à espera de nova  mordidela. Tomara que não se repita!
24
Fev07

Mafra

mãe Sofia
        
Na tentativa de exorcizar os ares pesados que pairavam cá por casa, principalmente dentro de mim, fomos passear. Metemo-nos no carro: Mafra!
   
Almoçámos num restaurante no centro e fomos até ao Convento, com direito a visita guiada (e gratuita!!!) pelo Palácio de Mafra.
  
Resultou!
O filhote já consegue mamar melhor. Eu estou muito mais... "arejada".
      
24
Fev07

O terceiro...

mãe Sofia
... DENTE!!
       
Só o conseguimos ver hoje, mas ontem depois de muita insistência em querer perceber por que razão o filhote não conseguia mamar, consegui senti-lo.
     
Bem, a senti-lo andamos nós há já uns dias... Noites tiradas de um filme de terror, rios e rios de baba, birrinhas por tudo e por nada e, o mais preocupante e que tantas dores de cabeça (e coração) me tem dado, a dificuldade em mamar.
 
Depois de semana e meia às voltas com a constipação, agora a gengiva não o deixa mamar. Assim que dá a primeira sugadela na mama, rompe num choro sentido que o faz tremer o queixo... :(
Consequências óbvias: ductos entupidos nas maminhas que provocam imensas dores e uma produção de leite a tender para o diminuto. Não falemos, claro, do meu estado de espírito...
        
Este dente está a ser um malandreco! 
A saber, o incisivo superior, do lado direito. :)
21
Fev07

Acho...

mãe Sofia
... que melhores dias chegaram. :)
          
A febre finalmente deu tréguas e a tosse acalmou. Tenho a sensação que hoje nem sequer espirrou. 
Passou a noite toda na cama dele, com os devidos "chamamentos da mama", e acordou muito bem-disposto. Fresquinho que nem uma alface e pronto para brincar tudo o que não brincou nos últimos dias.
      
Voltaram as gargalhadas, as brincadeiras, as curiosidades e... as caminhadas pela casa. Eu continuo a achar que, apesar de não terem sido comprados em 2ª mão, estes sapatos já vinham a saber andar sozinhos. ;)
       
Contrariamente a todas as expectativas que tinhamos ontem, hoje à tarde conseguimos ir à aula de  BabYoga. Por causa do Carnaval, a aula de 2ª feira passou para hoje.
Foi tão bom, depois de tantos dias a ver este filhote murchinho, voltar a vê-lo activo, a interagir com a R. e a sorrir em todos os exercícios e movimentos.
      
A fome de maminhas tambem voltou... Agora é voltar a trabalhar para que o stock volte a ser o que era.   
       
Amanhã é dia de voltar à rotina. 
Que ricas férias de Carnaval tivemos nós... 
20
Fev07

Hoje foi Dia de Carnaval?

mãe Sofia
O dia valeu apenas pelos 10 minutos de boa-disposição que o filhote conseguiu desencantar há pouco, antes da banhoca. Valeu também pela brincadeira e pelos sorrisos que o pai João lhe arrancou enquanto lhe deu banho.
       
Passámos mais uma noite sem dormir mas isso pouco nos importa. Preocupamo-nos sim com um filhote que já chorou mais nos dois últimos dias do que nos 8 meses de vida.
      
Continua rouco, cheio de expectoração que lhe vai saindo numa tosse que parece arrancar-lhe o peito, muita farfalheira e a temperatura que não quer mesmo descer dos 38º.
Se amanhã continuar assim, falaremos com o pediatra. Temos estado em contacto com a linha "Dói dói, Trim trim" que até agora ainda não viu nenhum sinal de que seja necessário antibiótico ou qualquer outro medicamento, à excepção do antipirético. Parece ser uma "coisa viral" e é esperar que passe...
      
Passou o dia ao colo, a ser embalado nos soninhos e distraído com brincadeiras, mas mesmo assim chora. Muito. Por tudo e por nada.
    
Resta ainda o desabafo de que a minha produção de leite se está a ressentir muito da falta de apetite do filhote, da sua dificuldade em mamar uma vez que só consegue respirar pela boca, do meu cansaço e da minha preocupação e nervosismo de ver o filhote assim...
      
Melhores dias virão, certamente.
19
Fev07

Não!

mãe Sofia
            Não quero brincar!
            Não quero comer!
            Não quero sorrir!
            Não quero dormir!
            Não quero mamar!
            Não quero estar sentado,
                                   nem em pé, nem deitado!
                                   Não quero nada!
          
      
A noite foi passada em claro com um bebé muito choroso.
 
O dia foi passado entre choros, febre, a rouquidão que atacou o filhote e muita tosse e espirros. Muito soro no nariz, muitas sestas e muita paciência perante a falta de apetite que o faz recusar a mama, a água e a papa preferida. 
      
Está a dormir. Foi adormecido ao colo, embalado ao ritmo das músicas do ó-ó, às voltinhas pelo quarto...
      
Fica a esperança de que descanse, que acorde cheio de fome para a maminha, que a febre desapareça e que tosse e a expectoração se vão embora muito depressa.
    
Se o nosso desejo fosse suficente...
17
Fev07

Atchim!

mãe Sofia
Uns atchins muito ranhosos e uma tosse solta andaram a pairar durante toda a semana. Hoje intensificaram-se e a constipação instalou-se de vez....
       
Andou murchinho o dia todo, muito sonolento, com os olhinhos tristes e uma rabugice que nunca o largou. Muita ranhoca cada vez que espirra e uma tosse cheia de expectoração.
Ao fim do dia: febre.
         
Algo me diz que esta noite, vou dormir no meio dos meus dois homens...
16
Fev07

Carnaval = Festa

mãe Sofia
O dia do filhote foi passado em festas. Apesar de não o termos mascarado, ficou a conhecer muito bem as cores, os sons e a animação do Carnaval. 
                    
No infantário a maioria das educadoras e auxiliares e dos meninos estavam mascarados e  houve desfile de máscaras.
Soube depois que o tinham tentado "transformar" em coelho mas que não tinha gostado muito.
No entanto, adorou o desfile! Viu tudo com muita atenção e com as pernitas a dar a dar com a excitação de tanta cor e tanto movimento.
     
Depois de um almoço comido com a voracidade de sempre e de uma bela sesta para retemperar forças, levei-o comigo para a festa de Carnaval dos nossos outros meninos.
      
Com a escola toda enfiada no refeitório, adorou ver meninos e meninas a dançar, a meterem-se com ele, seduziu duas "espanholas" para brincar com as suas pulseiras e ganchos, teve direito a festinhas e cócegas da criançada, retribuiu algumas festinhas e quis ir  a todos os colos dos nossos colegas, desde que nos mantivessemos a uma distância (muito) curta. ;)
Pelo meio, ainda lanchou uma maminha num cantinho mais calmo.
       
Dia tão grande para um filhote tão pequenino!
          
Feliz Carnaval, filhote!!

Pág. 1/2

Lilypie Kids Birthday tickers
Lilypie Kids Birthday tickers

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D